top of page

Pretensão salarial no currículo: Como calcular

Atualizado: 10 de abr.

Pretensão salarial no currículo: Como calcular 


Saiba como calcular sua pretensão salarial e como incluir no currículo.

Em quase todos os processos seletivos para entrar no mercado de trabalho o tópico que mais gera dúvidas e insegurança no candidato é a pretensão salarial. Quando eu posso pedir? Eu estarei pedindo demais? E como eu posso calcular? Hoje nós vamos te ajudar com alguns tópicos sobre esse assunto e te ajudar no próximo processo seletivo que você participar.


O que é pretensão salarial?


A pretensão salarial é uma parte do currículo para que você coloque uma estimativa de valor por aquele serviço que está se candidatando. Indicamos que você coloque a pretensão salarial no currículo somente se ela foi solicitada, até porque se colocar quando não solicitada pode passar uma impressão de ansiedade. 


Aguarde o momento em que o recrutador perguntar para tocar nesse assunto e fale pra ele o valor que deseja receber. 


Por que colocar pretensão salarial no currículo?



Colocar a pretensão salarial no currículo quando solicitado é importante porque demonstra ao empregador uma compreensão das suas expectativas financeiras em relação ao cargo. 


Essa informação pode colaborar para que ambas as partes estejam alinhadas em relação às condições salariais desde o início do processo seletivo, evitando possíveis mal-entendidos ou desperdício de tempo. 


Além disso, ao apresentar uma pretensão salarial realista e justificada, você mostra ao empregador que está ciente do valor do seu trabalho e das condições do mercado, demonstrando assim profissionalismo e assertividade em relação às suas expectativas salariais.


Saiba agora como calcular a pretensão salarial?


Saiba agora como calcular a pretensão salarial.

Calcular a pretensão salarial requer uma análise de vários fatores, incluindo sua experiência profissional, qualificações, mercado de trabalho atual e custo de vida na região onde você pretende trabalhar. 


Para determinar um valor justo e realista, é recomendável pesquisar os salários médios para o cargo e a área de atuação em sites especializados, consultar colegas de profissão e profissionais da área de recursos humanos, e considerar quaisquer benefícios ou oportunidades de crescimento oferecidos pela empresa. 


Além disso, é importante avaliar suas próprias necessidades financeiras e objetivos de carreira, equilibrando suas expectativas com a realidade do mercado. 


Você precisa saber informar um valor dentro do mercado, porque se falar um valor mais alto ou mais baixo, provavelmente o recrutador irá te descartar. Listamos alguns métodos que podem ser utilizados na hora de calcular a pretensão salarial. 


Descubra a média salarial da sua área

Quando você decidiu cursar determinado curso, uma das boas práticas é a pesquisa. Quanto mais souber tudo sobre a sua futura profissão é o ideal. E quando você quer saber a sua pretensão salarial, a pesquisa será a sua principal aliada. Descobrir qual a média salarial é crucial. Outra pesquisa interessante de se fazer é saber o piso salarial para empresas de pequeno, médio ou grande porte.


Considere suas experiências

Na medida em que você tiver experiência profissional, o salário que você pedir vai ser maior. Se você é iniciante, as empresas costumam oferecer o mínimo estabelecido para a categoria, principalmente em estágios. Mas a sua pretensão salarial vai aumentar na medida em que você tiver mais experiência.


Nada de valores fora da realidade

Propor um valor alto e fora da realidade do mercado é uma estratégia falha, a empresa pode ter uma visão negativa sobre essa proposta. 


Não toque no assunto

Na hora do processo seletivo, qual seria o melhor momento para falar sobre pretensão salarial? Nunca! Só fale em pretensão salarial se for perguntado, na hora em que o recrutador tocar no assunto. 


Departamento de Empregabilidade da UniFECAF


Estude na UniFECAF.

Aqui na UniFECAF temos o setor de empregabilidade, dedicado a instruir o aluno, desde a elaboração de currículo, criação de perfil no Linkedin até indicação para vagas de estágio. Também direcionamos nossos alunos em relação a entrevistas e provas em processos seletivos. 


Inscreva-se agora e embarque no caminho para o sucesso acadêmico e profissional que você merece! Atualmente temos mais de 4.500 alunos empregados com intermédio deste departamento.  


Com nossas dicas, você pode mandar bem no seu próximo seletivo. Mas se tiver mais dúvidas sobre qualquer assunto envolvendo a sua carreira, você pode entrar em contato com o setor de empregabilidade da UniFECAF. 


37 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios